Prevenção de Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica.

Parceiros

Aplicativos

Visitantes

73632
HojeHoje36
OntemOntem41
Na semanaNa semana182
No mêsNo mês211
TotalTotal73632
Bactérias Gram Negativas Multirresistentes e a Importância da Polimixina! PDF Imprimir E-mail



As infecções relacionadas aos serviços de saúde aumentam a morbidade e mortalidade dos pacientes, assim como aumentam o tempo de internação e gastos hospitalares. Dentre as infecções nosocomiais, a pneumonia associada a ventilação mecânica (PAVM) é a mais comum nas unidades de terapia intensivas1.

As bactérias gram negativas predominam na causa da PAVM, como o Acinetobacter baumannii, Pseudomonas aeruginosa, Klebsiella pneumoniae, dentre outras, lembrando que bactérias gram positivas e fungos também pode causar PAVM2.

A. baumannii, P. aeruginosa e K. pneumoniae chegam a ter  resistência aos carbapenêmicos (imipenem e meropenem) em mais de  90% das amostras tanto no Brasil quanto em outros países da América do Sul2.

Tigeciclina é um antimicrobiano que pode ter ação nos A. baumannii e K. pneumoniae (devendo ser comprovado por cultura e antibiograma), mas não tem espectro contra P. aeruginosa, lembrando não ter penetração no tecido pulmonar e urinário3.

Amicacina pode ter ação contra A. baumannii, P. aeruginosa, K. pneumoniae multirresistentes (também confirmar com cultura e antibiograma) , sendo muito arriscado tratamento de pacientes graves apenas com este antimicrobiano.

Em pacientes com infecções por A. baumannii, P. aeruginosa, K. pneumoniae multirresistentes, incluindo carbapenêmicos, é indicado o uso de polimixina, lembrando que a polimixina não possui espectro de ação contra bactérias gram positivas, fungos e algumas bactérias gram negativas, como exemplo Proteus mirabilis e Serratia marcecens4.

Interessante saber!

Antimicrobiano

Dose

Gravidez e lactação

Tempo de infusão

Diluição

Polimixina B 500.000 ui

25.000 a 30.000 ui/kg/dia em adultos (divididos em 2 a 4 doses)

Categoria de risco C

Deve ser prescrito em 24 horas;

Necessita de bomba de infusão contínua

Diluir em300 a 500ml de SG5% cada etapa

Polimixina E 150mg

(Colistina)4

2,5 a 5 mg/Kg/dia (divididos em 2 a 4 doses)

Categoria de risco D

Não necessita de bomba de infusão contínua. Tempo de infusão: 30-60 minutos5

SF0,9% 50 a 100ml cada etapa.

Desvantagens em comum:

Pode ser nefrotóxico;

Em meningite, apenas uso intratecal;

Ajustar dose na insuficiência renal.

  1. Lemos EV, de la Hoz. P, Alvis N, Einarson T R, Quevedo E, Castañeda C, et al. Impact of carbapenem resistance on clinical and economic outcomes among patients with Acinetobacter baumannii infection in Colombia. Clin Microbiol Infect. 2014 Feb, 20(2): 174-80.
  2. Gales AC, Castanheira M, Jones RN, Sader HS. Antimicrobial resistance among Gram-negative bacilli isolated from Latin America: results from SENTRY Antimicrobial Surveillance Program (Latin America, 2008-2010). Diag. Microbiol. Infec. Dis. 2012 Aug; 73(4): 354-60.
  3. Bula Tygacil 50mg (Tigeciclina), ANVISA, 2014.
Bula Colis-Tek (colistimetato de sódio equivalente a 150mg de colistina base) – ANVISA, 2015.
  1. Rosales RRojas LZamora FIzquierdo GBenavides CGonzález C. [The challenge in colistin dosing: Updating available recommendations]. Rev Chilena Infectol. 2018 ;35:105-116.
 
Joomla Templates by Joomlashack